Pelas ruas

Me recordo do nosso encontro inusitado,

Em umas das minhas esquinas favoritas,

E mal sabia que naquele dia teria encontrado,

A quem realizaria as minhas vontades tão íntimas .

0 encontro de almas da maneira mais simples,

E que desde o início, de forma intensa,

Se tornaria,

Em momentos únicos, que marcariam presença .

Continuar lendo

Permita-se

Em devaneios de domingo,

Caminhei sem saber para onde estava indo,

Nas noites mais frias, você me dizia :

Permita, sinta .

O que era dor, se tornou cura

Na forma mais pura,

Sutil, gentil .

Na sutileza de sua presença

Meu corpo estremecia,

Como se fosse renascença

Me permiti, senti .

Continuar lendo

Complemento

Acordei sem vestígios de você pelo quarto, em uma  dessas manhãs frias de julho, abri a caixa de entrada, sem emails, notificações e sem noticias suas, o dia começou ausente da sua presença .

Descendo as escadarias do prédio me encontro com a vizinha, aquela típica que todos tem no bairro, solteira aos seus cinquenta  e poucos anos, dona de vários gatos e que sabem tudo que acontece na vida alheia, com  seu cigarro apagado, inevitavelmente puxa assunto comigo : Continuar lendo

A tal da ansiedade

A boca seca, e as dores se difundem por todo o corpo, o cinzeiro está cheio, e o café gelado . São quando as noites são longas, e os fantasmas não dão paz, que você opta por terapias alternativas, yoga, aromaterapia e florais, sem sucesso . O médico diz para voltar a comer carne, “veganismo não é saudável” e com o receituário amarelo, com a caligrafia toda torta, o medicamento psicotrópico está prescrito .

“A que ponto chegamos, não é mesmo ? ” pergunto a mim mesmo, desapontado .

Você sabe qual é o seu gatilho ? E os seus medos mais profundos ?

Continuar lendo

Ser entregue

 

images

 

            Estamos “acostumados” a romantizar aquilo que nos traz ansiedade, e a angustia de coisas que não aconteceram, e  nem ao menos irão acontecer por paranoias e coisas decorrentes do cotidiano, realidade atual etc etal, sem ao menos nos lembrar que o que nos traz a verdadeira calmaria  é a sensação tranquila do que é realmente gostar de alguém  . E você veio, com todo arsenal de carinhos e toques tão simples, que fez coisas tão pequenas tornarem o seu total sentido, são palavras repetidas eu sei, mas estou aqui reafirmar e para te pedir que segure minha mão, e que caminhe ao meu lado, pelas minhas estradas tortas, mas com destino certo .

Me lembro da nossa ultima despedida, e que logo em seguida ouvi a porta bater negando ser a tua presença, mas lá estava você apenas pedindo pra ficar mais um pouco ao meu lado, não hesitei em estar em seus braços…ri sozinho, e achei a declaração mais linda que pude receber, ao contrário de ser efêmero,  e como você, verdadeiro . Em momentos de  ócio olho ao redor deste quarto e me pergunto se as paredes deste quarto pudessem relatar a cada momento nosso juntos, jamais seria igual ao que está aqui e arde em meu peito  .

Só queria te lembrar, que da próxima vez, fique mais, sem tempo de demora, não traga nada além de si mesmo, e esteja como sempre, entregue .

Dezembro

Ian-Curtis-joy-division-16972121-1280-868Sei lá, cara. Eu não estava fazendo nada errado. Só não conseguia acertar. De nenhuma forma, para nenhum lado, com ninguém. Acho que não há nada pior do que ir se cansando de todas as faltas de respostas escondidas, enquanto a única imagem que se tem na cabeça é o seu próprio passado raro flutuando em câmera lenta, indo embora em enquadramentos nostálgicos de flashs súbitos. Pá. De repente me deu muita vontade de morrer, chorar, dormir, acabar, parar de me perturbar de uma vez por todas por uma história que eu não vivi… e não viveria, de nenhuma forma.  Continuar lendo

Capitulo 6 – Planos

Chegando na casa de Arthur, avistei de longe Sara aguando o gramado que ela cuidava como se fosse algo muito valioso, toda concentrada, mas sempre com aquele olhar sereno :

– Tom ! – ela me abraçou como de costume – Eu precisava aguar este jardim, o clima seco acaba com as flores…o Arthur está te esperando, logo eu entro pra conversar com vocês .

A casa estava quieta, nem o rádio estava ligado, ouvia apenas o som da mangueira bem baixinho, e logo entrei no quarto do Arthur, a porta estava aberta, ele estava se trocando, e antes que eu voltasse para trás, ele já tinha me visto : Continuar lendo

Eu te encontro e não preciso pensar no depois

Tags

, ,

tumblr_lx8jw7cbqu1qljka9o1_500

Penso agora que, talvez do outro lado da cidade ou nos sonhos que não vou ter, você também possa estar imaginando as mesmas coisas que eu, enquanto se pergunta sem destino certo: por que a gente é assim e não misturado?  No final das contas, estar em lados opostos e brincar de ser feliz gostando de sofrer não chama a atenção de ninguém. Mesmo sorrindo, cada um sabe o pedaço do outro que falta enquanto o tempo só não leva tudo o que sobrou. Continuar lendo

Sentimentalismo psicótico

tumblr_m3rjhl8Dwa1qd6lqxo1_500

Hoje foi um daqueles dias. Nada fez sentido, até os telefonemas foram sem sentido, nem mesmo uma boa ficção serviu para preencher minha mente nula .

As coisas ao meu redor vão aos poucos perdendo a cor, a  vontade que eu tinha não é mais a mesma, até mesmo a vontade de escrever algo bonito sumiu .

Só vou escrevendo, assim, para não perder o costume… e aí eu lembro, já escrevi algo bonito? Sim, escrevi algo bonito para alguém bonito . Continuar lendo